home
EMBRAPA    parceria técnica. respaldo científico.

O Cruzamento Ideal para os Trópicos

A Fazenda Guarauna, nesses últimos 30 anos, desenvolveu uma percepção diferenciada do mercado da carne brasileiro. Ao notar a crescente demanda por uma carne nobre, macia e suculenta e a consequente valorização do produto nesse nicho, iniciou uma parceria consistente com os técnicos da EMBRAPA, visando o aprimoramento genético voltado ao atendimento desse mercado consumidor.

 

CARACU . Nelore . Angus = Maciez e Suculência da Carne

Como o plantel brasileiro é predominantemente constituido por raças zebuínas que geneticamente não apresentam qualidade superior de carne, os técnicos da EMBRAPA realizaram uma pesquisa para aferir os ganhos em maciez e suculência da carne, ao fazer a cruza do NOVO CARACU, uma raça já consolidada, com as raças zebuínas do país.

A pesquisa realizada no sul do Brasil pelos pesquisadores Marcelo Henrique Giordano Nunes e Fernando Flores Cardoso é sem dúvida o coroamento do trabalho de melhoramento da Raça Caracu.

Há cerca de uma década os criadores do NOVO CARACU iniciaram um trabalho para agregar sobre a rusticidade e habilidade materna, características em que o Caracu é imbatível, também qualidade de carne e de carcaça, o que pode ser confirmado nos dados obtidos pelos pesquisadores.

Na pesquisa são apresentadas as características produtivas das raças e cruzas. O cruzamento ANGUS/CARACU superou todos os outros cruzamentos nos quesitos comprimento de carcaça e área de olho de lombo, além de apresentar excelente peso de carcaça. Isso demonstra de maneira cabal que o NOVO CARACU pode contribuir em muito com essas importantes características produtivas.

No quesito maciez da carne, o cruzamento ANGUS/CARACU superou todos os outros, tanto na análise física como na sensorial. Isso demonstra que o NOVO CARACU está pronto para contribuir com programas que visem a carne de qualidade.

Concluímos que o cruzamento de raças britânicas com o NOVO CARACU pode ser utilizado como alternativa para aumentar a produtividade e a rusticidade dos bovinos, com a vantagem de não diminuir a maciez da carne, como pode ocorrer em cruzamentos envolvendo apenas zebuínos. Esses animais cruzados com o NOVO CARACU merecem atenção de novos estudos e sua utilização e avaliação em programas de cruzamento industrial de larga escala, pois conciliam bons ganhos de peso, carcaças pesadas e rendimento de cortes comerciais, com um diferencial positivo para uma das características mais apreciadas pelo consumidor, a maciez e suculência da carne.

O NOVO CARACU é crucial para quem quer produzir carne de qualidade com as raças britânicas. Basta que suas características genéticas sejam introduzidas no plantel através da cruza. Assim, novos grupos de criadores podem oferecer qualidade, volume e constância no fornecimento de carne nobre, o que certamente vai conquistar os mercados mais exigentes.

 

VER PESQUISA COMPLETA

 

FONTE: A Raça Caracu como alternativa de cruzamento com raças britânicas
• Marcelo Henrique Giordano Nunes
Médico veterinário, mestre em zootecnica pela Universidade Federal de Pelotas. Técnico especializado da CAPAL – Cooperativa Agroindustrial

• Fernando Flores Cardoso
Médico veterinário, PhD, pesquisador da EMBRAPA Pecuária Sul.

 

Voltar


© Fazenda Guarauna | 41 3274 2814 • 42 3252 9500 | comercial@guarauna.com.br